CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

domingo, 25 de outubro de 2009

A Rosa

Era uma manhã de um dia de semana, desses de céu aberto e muito sol. Um trabalhador dirigiu-se para seu local de trabalho. Passando em frente a um templo religioso, decidiu entrar. Era uma sala muito ampla e ele sentou num dos últimos lugares, bem ao fundo. Ali se pôs a fazer a sua oração cheia de vida, dialogando com Jesus. Ouviu, então, em meio ao silêncio, a voz de alguém, cuja presença não tinha percebido: venha aqui. Venha ver a rosa. Ele olhou para os lados, para frente, e viu uma pessoa sentada num dos primeiros lugares. Levantou-se e a voz falou outra vez: Venha ver a rosa. Embora sem entender, ele se dirigiu até a frente e percebeu que sobre a mesa havia realmente um vaso, no qual estava uma linda rosa. Parou e começou a observar o homem maltrapilho que, vendo-o hesitante, insistiu: venha ver a rosa. Sim, estou vendo a rosa, respondeu. Por sinal, muito bonita. Mas o homem não se conformou e tornou a dizer: Não, sente-se aqui ao meu lado e veja a rosa. Diante da insistência, o trabalhador ficou um tanto perturbado. Quem seria aquele homem maltrapilho? O que desejaria com ele com aquele convite? Seria sensato sentar-se ali, ao lado dele? Finalmente, venceu as próprias resistências, e se sentou ao lado do homem. Veja agora a rosa, falou feliz o maltrapilho. De fato, era um espetáculo todo diferente.
Exatamente daquele lugar onde se sentara, daquele ângulo, podia ver a rosa colocada sobre um vaso de cristal, num colorido de arco-íris. Dali podia-se perceber um raio de luz do sol que vinha de uma das janelas e se refletia naquele vaso de cristal, decompondo a luz e projetando um colorido especial sobre a rosa, dando-lhe efeitos visuais de um arco-íris. E o trabalhador, extasiado, exclamou: é a primeira vez que vejo uma rosa em cores de arco-íris. Mas, se eu não tivesse me sentado onde estou, se não tivesse tido a coragem de me deslocar de onde estava, de romper preconceitos, jamais teria conseguido ver a rosa, num espetáculo tão maravilhoso. É preciso saber olhar o outro de um prisma diferente do nosso. O amor assume coloridos diversos, se tivermos coragem de nos deslocar de nosso comodismo, de romper com preconceitos, para ver a pessoa do outro de modo diferente e novo.
Há uma rosa escondida em toda pessoa que não estamos sendo capazes de enxergar. Há necessidade de sairmos de nós mesmos, de nos dispormos a sentar em um lugar incômodo, de deixar de lado as prevenções, para poder ver as rosas do outro, de um ângulo diferente. Realizemos esta experiência, hoje, em nossas vidas. Procuremos aceitar que podemos ver um colorido diferente onde, para nós, nada havia antes, ou talvez, de acordo com nosso modo de pensar, jamais poderiam ser vistas outras cores. (autor desconhecido)

TP2 –Estudo das unidades 7 e 8

No dia 12 de Setembro de 2009, aconteceu a 12ª ( Décima segunda) Oficina do Gestar II em Língua Portuguesa, em Caracol MS, na qual mais uma vez os professores socializaram suas práticas pedagógicas com as atividades do Gestar II, socialização das unidades cinco e seis da TP2 e estudo das unidades sete e oito. Iniciamos o encontro com a leitura compartilhada da mensagem “ A ROSA”, a qual nos proporcionou um momento de reflexão sobre nossas ações, postura e a busca do novo, ver as coisas sobre um outro ângulo. ... O amor assume coloridos diversos, se tivermos coragem de nos deslocar de nosso comodismo, de romper com preconceitos, para ver a pessoa do outro de modo diferente e novo. Há uma rosa escondida em toda pessoa que não estamos sendo capazes de enxergar. Há necessidade de sairmos de nós mesmos, de nos dispormos a sentar em um lugar incômodo, de deixar de lado as prevenções, para poder ver as rosas do outro, de um ângulo diferente.As atividades realizadas em sala pelos professores foram interessantes e diversificadas, muito deles optaram pela seção três, unidade 5, em que proporcionou uma reflexão sobre o comportamento e atitudes entre professor X aluno, momento de diálogo em sala.Os cursistas mostram interesse e são bastantes dedicados e criativos com as ações de sala de aula referente ás atividades do gestar. Assim, concluo com a seguinte frase....Grandes realizações são possíveis quando se dá importância aos pequenos começos.(Téo LÉO)

Maria Edite-Caracol MS

video

OFICINA 3 - TP2 - UNIDADE 6


Neste encontro nós reunimos na escola municipal para discutirmos os pontos positivos e negativos encontrados em nossas aplicabilidades concernentes as propostas do Gestar.Neste encontro foram discutidos assuntos que envolvem a produção textual,estudo de texto e analise lingüística no segundo momento foi aberto para apresentarem o avançando na pratica,onde os cursistas relataram suas experiência apontando os pontos positivos e negativos.Após os relatos demos inicio a oficina três e da unidade seis.Foi divididos em grupos cada grupo ficou responsável por uma atividade.Ao termino das atividades foi feito um semi Ciro onde os cursistas relataram como foi desenvolvida as atividades propostas da oficina.
Para finalizarmos este encontro foi passado a mensagem “Não espere” para refletirmos nossas atitudes.


Maria Edite-Caracol MS

OFICIANA INTERCALADA
No dia dezoito de setembro, nos reunimos na biblioteca da escola,João José Leite,para planejarmos a oficina da atividade intercalada.Após discutirmos varias sugestões ,a idéia de montar uma gincana de língua portuguesa pareceu mais viável , tendo em vista ,que através desta atividade poderíamos avaliar o desempenho dos alunos em relação aos conteúdos aplicadas no decorrer do primeiro semestre.
Cada grupo ficou encarregado de organizar dez atividades referentes a disciplina de língua portuguesa,com objetivo de enfatizar suas funções.O principal objetivo da gincana seria a revisão e aprofundamento dos conteúdos visando o entendimento de discente,assim as atividades seria desenvolvidas de maneira lúdica e diferenciada.

Maria Edite - Caracol MS

sábado, 10 de outubro de 2009

TP 01 UNIDADE 04 CURSISTA NA APLICAÇÃO DAS ATIVIDADE E OS ALUNOS DO SEXTO E DO OITAVO ANO,EM AVANÇANDO NA PRATICA



RELATÓRIO TP 01 UNIDADE 04

No dia vinte e cinco de setembro,iniciamos mais um encontro refletindo sobre a mensagem “AGUIA OU GALINHA”, onde cada cursista colocou a sua opinião. Em seguida realizamos a socialização das atividades aplicadas com os alunos, onde repassamos o resultado das atividades. Foi muito gratificante o resultado das atividades aplicadas, pois a cada encontro o cursista está mais entusiasmado e confiante no GESTAR.
Foi apresentado no data-show a proposta ad oficina da TP 1 com as unidades 3 e 4 , durante a apresentação íamos destacando os pontos importantes de cada unidade no TP. Na relação teoria e prática analisamos algumas atividades e discutimos sua aplicabilidade. Após a conclusão houve a socialização da atividade realizada. Ampliando nossas referências realizamos a leitura e discussão do texto “O conhecimento prévio na leitura”.
Houve bastante participação de todos os cursistas durante as atividades propostas, ao término das atividades cada grupo apresentou as atividades desenvolvidas pelo grupo.
Terminamos o encontro com a reflexão do vídeo “Não vou desistir nunca.”.
Maria Edite Espinosa Caracol